Seminário Nacional das Cooperativas Educacionais debate gestão e inovação

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O presidente do Sistema OCB/RJ, Vinicius Mesquita, representantes de cooperativas educacionais fluminenses –  Educar, Acec, Cesb, Cooperar, Coopere, Ceduc, Escola Fribourg, Euclides da Cunha e Eiduc – além do analista de Monitoramento do Sescoop/RJ, Sílvio Bruno, participaram no dia 24 de julho em Brasília do Seminário Nacional de Cooperativas Educacionais. O evento – promovido pelo Sistema OCB, com o tema Gestão e Inovação do Negócio Educacional – discutiu os caminhos para transformar, por meio da cooperação, a educação brasileira.

No total, 170 pessoas acompanham a programação que inclui palestras e debates a respeito da gestão do negócio cooperativo, cenário educacional, gestão e inovação do ambiente escolar, entre outros, além de atividades de alinhamento estratégico.

O superintendente do Sistema OCB, Renato Nobile, deu as boas-vindas aos participantes do seminário e destacou a importância do evento. “Temos vivido momentos de intensos desafios no país e o setor educacional está entre os setores impactados, por isso, é importante nos lembrarmos da premissa que move as cooperativas educacionais, que é oferecer uma educação de qualidade, contribuindo para a formação de cidadãos mais cooperativos. É isso que fará do Brasil, um país mais forte, mais próspero. A educação é o grande motor do desenvolvimento”, avalia Nobile.

A condução das reflexões a respeito dos assuntos pertinentes ao evento ficou por conta da analista de Desenvolvimento e Gestão de Cooperativas do Sistema OCB, Pamela Lima, do presidente da Unimed Fortaleza, Elias Leite, do palestrante Renato Casagrande, especialista em educação, da gerente de Relações Institucionais da OCB, Fabiola Motta, o professor da Universidade de Brasília, Francisco Thiago Silva, e o diretor de Marketing da Tecnisa, Romeo Busarallo, especializa em inovação.

A programação do seminário também contou com um painel moderado pela gerente Técnica e Econômica da OCB, Clara Maffia, e que teve por objetivo apresentar um pouco do que tem sido feito pela OCB em prol das cooperativas educacionais. O painel também teve a participação dos representantes das cinco regiões do país no Conselho Consultivo do Ramo Educacional, coordenado pelo Ricardo Lermen.

O ramo – O ramo educacional abrange 265 cooperativas no Brasil, com 265 60,7 mil cooperados 3,4 mil empregados, segundo o Anuário do Cooperativismo Brasileiro.

Fonte: Comunicação do Sistema OCB/RJ (Informações Sistema OCB)

Comunicação

Comunicação

Você também pode gostar de:

Agenda Institucional

[tribe_mini_calendar limit="3"]