Conferência LINCC reúne lideranças do cooperativismo de crédito para discutir futuro do setor

Iniciativa foi realizada em parceria pelo Sicoob Central Rio, Sicredi Rio e Unicred Rio Central RJ/MT, com o patrocínio do Sescoop-RJ.

Sicoob Central Rio, Sicredi Rio e Unicred Rio Central RJ/MT realizaram, em 27 de novembro, a conferência LINCC (Liderança e Inovação para o Cooperativismo de Crédito). Com patrocínio do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado do Rio de Janeiro (Sescoop/RJ), o evento teve o objetivo de ampliar o conhecimento dos líderes para ajudar a construir o planejamento do setor para os próximos anos.

A cerimônia de abertura contou com as presenças dos presidentes Luiz Antônio Araújo (Sicoob Central Rio), Vinicius Mesquita (Sistema OCB-RJ/Sescoop-RJ), Dr. José Maria de Azevedo (Unicred Central RJ/MT) e do vice-presidente do Sicredi Rio, Jorge Farah.

“A consolidação da parceria dos três sistemas no estado é muito importante para levar os benefícios do cooperativismo de crédito à população fluminense”, destacou Luíz Antônio Ferreira de Araújo, diretor-presidente do Sicoob Central Rio.

O presidente do Sistema OCB-RJ/Sescoop-RJ, Vinicius Mesquita, falou da importância das três centrais estarem unidas. “Ações, como essa, plantam a semente de que os sistemas podem se unir em uma parceria estratégica e na construção de soluções”.

“Nós estamos aqui porque não somos concorrentes, somos parceiros. Comungamos do desejo em criar um bem estar sócio econômico no estado”, defendeu José Maria de Azevedo, presidente da Unicred Central RJ/MT.

“Esse evento é a cristalização do esforço para construir um sistema forte e atuante no Rio de Janeiro. Temos muito a fazer juntos, com o apoio das principais autoridades financeiras do país”, disse Jorge Farah, vice-presidente do Sicredi Rio e conselheiro de administração suplente do Sescoop-RJ.

Na primeira palestra, Stefan Daferner, diretor de projetos da Academia Alemã das Cooperativas (ADG), explicou como funciona o sistema no país europeu e como eles estão se preparando para os próximos anos.

“Não devemos falar do futuro das cooperativas. Na verdade, não existe futuro sem elas. Eu vivo e defendo isso todos os dias”, explicou o executivo.

Em seguida, Zeca de Mello, professor e palestrante da COPPE/UFRJ e da Fundação Dom Cabral, falou sobre a importância do propósito para a vida nas organizações. “Quando a gente fala de propósito, está falando também de motivação das pessoas. É uma força de união, mas que também consiste em respeitar as diferenças”, exaltou.

Marco Aurélio Almada, diretor-presidente do Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob), encerrou a programação, trazendo um panorama do cenário do cooperativismo no nosso país e uma comparação com outras nações do mundo. “Os modelos alemães são destaque pela longevidade e expressividade. Temos de nos inspirar neles para perpetuar o cooperativismo no Brasil”, elogiou, em referência também à participação de Stefan Daferner.

Fonte: Sicoob Rio