Sistema OCB/RJ estreita laços com MAPA para formalizar parceria

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Representantes do Sistema OCB/Sescoop-RJ e da Superintendência Federal de Agricultura no Estado do Rio de Janeiro (SFA/RJ) – vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) – se reuniram em 12 de julho para tratarem da formulação de um Termo de Cooperação Técnica (TCT) entre as instituições.

Este encontro foi um desdobramento de uma primeira reunião, realizada com a presença do presidente do Sistema, Vinicius Mesquita, em maio deste ano.

De acordo com a gerente de desenvolvimento cooperativista do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado do Rio de Janeiro (Sescoop/RJ), Jerusa Marques, o documento será assinado nos próximos dias.

“A atual gestão do Sistema OCB/RJ está empenhada em estreitar os laços com a Superintendência Federal e, como consequência, proporcionar o desenvolvimento de cooperativas do ramo Agropecuário em todo o Estado. Como primeira medida, convidamos representantes da SFA/RJ para participarem do Encontro Técnico do Ramo Agropecuário, que acontecerá em setembro”, afirmou Jerusa.

Durante a reunião, a Superintendência convidou o Sistema OCB/RJ a participar do evento “Rio tem Roça”, em novembro deste ano, com a presença de cooperativas agropecuárias vinculadas ao Sistema.

Pelo Sescoop/RJ, também participou o analista de monitoramento, Márcio Fernandes. Pelo SFA/RJ, estiveram o Superintendente Federal, Gilberto Alencar, o chefe da divisão técnica da Superintendência, Celso Merola, e a representante do Serviço de Inspeção de Saúde Animal da Superintendência Federal de Agricultura/Mapa, Jamile Viana.

Reportagem: Richard Hollanda – Comunicação do Sistema OCB/RJ

Comunicação

Comunicação

Você também pode gostar de:

OCB moderniza ramos do cooperativismo

O presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, explicou que nada muda na rotina das cooperativas e que a mudança se faz necessária para promover o fortalecimento e dar maior representatividade para alguns segmentos de cooperativas.

Ler mais »

Agenda Institucional

[tribe_mini_calendar limit="3"]