Petrópolis entra no clima do Dia C

Neste domingo (08/07) turistas e moradores de Petrópolis tiveram um dia diferente. Com caminhada, música, arte, dança e muitas ações cooperativistas, a celebração do Dia de Cooperar 2018 movimentou a cidade serrana.

Promovido pela Unimed Petrópolis e Unicred Serra Mar, com o apoio da  Unicred Central RJ/MT, do Sescoop/RJ, da Prefeitura Municipal de Petrópolis – através da Secretaria de Cultura – das cooperativas  Usimed Petrópolis, Uniodonto Duque de Caxias e Unifop; e dos parceiros Bella Serra, Líder Trirriense, Petropolitana Santa Fé e Instituto Mix, o evento começou bem cedo.

Logo às 8h, os participantes se reuniram na Praça Dom Pedro II, onde doaram 100 kg de alimentos não-perecíveis que serão destinados a instituições carentes do município. Em seguida, foi realizada uma caminhada de 1,5 km até a Praça da Liberdade, local em que foram oferecidos diversos serviços gratuitos à população, tais como aferição de pressão arterial e glicemia; educação financeira para o público infantil; artesanato; orientações nutricional, sobre higiene bucal e de fisioterapia; e corte de cabelo.

Clique aqui e veja a galeria de fotos

Participando desde o início da celebração, o presidente do Sistema OCB/Sescoop-RJ, Vinicius Mesquita, afirmou que o evento é um momento especial para o cooperativismo. “Esse é um dia em que as cooperativas apresentam suas atividades à sociedade e mostram os benefícios de ser cooperativista e de, também, incentivar o cooperativismo como um todo. O Dia C é contínuo e nossa ideia é que cada vez mais tenham ações como esta”.

Presidente da Unimed Petrópolis, Rafael Gomes comentou que o Dia C é um ato em prol do modelo cooperativista. “O cooperativista visa ao desenvolvimento social e econômico, em que o coletivo vem em primeiro lugar. Realizar o Dia de Cooperar em Petrópolis e ver a praça e os estandes cheios de pessoas interessadas mostram que este é, de fato, o caminho para o crescimento”, comentou.

O diretor da Unicred Serra Mar, Gilson Witte, também esteve presente na celebração.  “O evento é uma forma  de a sociedade saber da importância de ser cooperativista”, destacou.

Público

Além do ar puro, das belezas naturais dignas de um belo porta-retratos,  dos palácios e museus, o público que foi à Praça da Liberdade pôde conferir, além das atividades nos estandes, a apresentação do Coral da Usimed – criado há 15 anos como uma oficina de música no Projeto USI-VIDA – da Usimed Petrópolis, e do Grupo Dó Ré Mi, que levantou o público, com direito a pedidos de bis.

A dona de casa Celina Santos, 45 anos, por exemplo, aproveitou e fez a aferição de pressão arterial e a de glicemia.

“Estou encantada com tudo. Não somente pelos serviços serem disponibilizados de forma gratuita. Mas, também, por nos proporcionar um ambiente muito legal, em que a união pelo bem do próximo é a chave desta iniciativa”.

Andréa Henriques, 35 anos, é moradora do Rio de Janeiro e foi à cidade serrana para passear com seu marido e filhos. Ela se surpreendeu com a celebração e com algumas das atrações musicais. “Foi uma grata surpresa. Fiquei encantada com as apresentações do Coral da Usimed e do Grupo Dó Ré Mi. Meus filhos adoraram participar das oficinais de pintura e desenho. Foi um domingo completamente diferente do que planejei”, finalizou.

Reportagem: Richard Hollanda – Comunicação Sistema OCB/RJ