Rio de Janeiro celebra Dia C com música, atividades gratuitas e arrecadação de alimentos

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Um dos pontos turísticos mais visitados nos fins de semana pelas famílias e por turistas, a Quinta da Boa Vista recebeu no dia 30 de junho a celebração do Dia de Cooperar (Dia C) 2018. Além de atividades gratuitas, o evento arrecadou mais de 100 kg de alimentos, doados à comunidade da Mangueira.

Os mais de 1,5 mil visitantes que passaram pelo local puderam sentir a essência do cooperativismo e conhecer mais sobre o movimento. Ao todo, 20 cooperativas e também parceiros – Secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro (Setur-RJ), Grupo Cataratas, Rio Zoo, Instituto Conhecer para Conservar e Instituto Mangueira do Futuro – participaram da festa.

Veja fotos da celebração na Quinta da Boa Vista

Veja como foram as demais celebrações no Estado

Pela primeira vez, Sicoob Central Rio, Sistema Unicred e Sicredi Rio fizeram uma ação em conjunto ao promover consultoria financeira voltada para adultos e crianças. O público infantil também se divertiu no espaço da Datacoop, onde um ator vestido de palhaço contou histórias e arrancou muitas gargalhadas do público.

A professora Fernanda Matos ficou encantada ao chegar com o marido e os filhos Beatriz, de 4 anos, e Ricardo, de 6, para um passeio em família e se deparar com a celebração. Na entrada do jardim zoológico, eles usufruíram dos serviços espalhados pelas tendas cooperativistas.

“Foi uma grata surpresa encontrar tudo isso aqui. As crianças adoraram todas as atividades, principalmente as pinturas faciais e brincadeiras. Tiraram fotos com os personagens e eu e meu marido aproveitamos para pegar algumas dicas sobre educação financeira, alimentação saudável e conservação ambiental”, comentou a professora, que conheceu mais sobre o modelo cooperativista.

Outras cooperativas deram dicas de sustentabilidade. O Sicoob Cecremef, por exemplo, orientou o público sobre como fazer uma horta em casa e utilizar produtos naturais; a Unimev Rio falou sobre conservação de alimentos e a Coopfuturo abordou a reciclagem e o reaproveitamento de materiais.

Vanderson Santos é um cooperativista e quando soube da celebração do Dia C, fez questão de marcar presença no evento. “O Dia C é a grande oportunidade de divulgar o importante trabalho que as cooperativas fazem em prol da sociedade. Eu atuo na Coopembaú, cooperativa localizada na Pavuna, e lá fazemos um trabalho importante de reciclagem e reaproveitamento de materiais. O espaço da Coopfuturo no Dia C, por exemplo, é um exemplo do que as cooperativas deste segmento fazem em nosso estado”, disse.

E esse potencial foi destacado pelo presidente do Sistema OCB/Sescoop-RJ, Vinicius Mesquita. ‘‘Possuímos um potencial enorme de crescimento no Rio de Janeiro. Tanto de pessoas entrando em cooperativas já existentes, quanto do surgimento de novas cooperativas. O foco da nossa gestão vai ser o de profissionalizar o sistema para dar amparo a essas pessoas que estão chegando e às cooperativas que já estão conosco”, pontuou.

Já o superintendente estadual do Sescoop/RJ, Rafael Garbois, comentou a importância da celebração. “Temos uma grande festa de representatividade. É dia de festejar, confraternizar e, também, de mostrar para a sociedade o que é o cooperativismo. É o dia de as cooperativas externarem o significado do nosso trabalho na busca pelo equilíbrio socioeconômico do país”, pontuou.

A subsecretária adjunta da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), Nea Mariozz, comentou sobre a força do modelo cooperativista. “É a primeira vez que participamos dessa celebração e pude sentir o que é o cooperativismo. Ver essa união dentro do estado é maravilhoso. As cooperativas aqui estão fazendo com que haja reconhecimento de seu trabalho, além de mostrar que a sociedade pode prosperar quando caminha junta”.

Saúde
Quem quis colocar a saúde em dia teve a oportunidade no Dia C. A Coopdesk e a Ecocoop orientaram o público sobre o vírus da gripe (H3N2) e conscientizaram sobre a vacina preventiva contra a doença. Cooperativas como a Coopidade, Coopiferj, Coopbank e a Prompter fizeram aferição de pressão arterial e de glicemia e promoveram massagem corporal.

Já a Uniodonto Duque de Caxias e a Uniodonto Rio orientaram sobre higiene bucal e técnicas de escovação. A pequena Iasmin Santos, 11 anos, passou pelo escovódromo e entendeu como é importante escovar os dentes da forma correta. “Foi legal ter recebido essas informações. Agora, vou levar para casa tudo o que eu aprendi ”, disse.

A dona de casa Carmem Santos, 60 anos, recebeu as informações sobre o vírus da gripe H3N2. “Tenho ouvido falar sobre esse vírus há bastante tempo, mas nunca tinha prestado atenção sobre a necessidade de se estar vacinado. Com toda certeza, vou à um posto de saúde para tomar a vacina e conscientizarei os colegas que, assim como eu, estão no grupo de risco”, salienta.

Musicais
As atrações musicais também mereceram destaque nesta grande festa do cooperativismo. A Orquestra Sinfônica da Baixada Fluminense abriu o evento e encantou o público ao tocar músicas clássicas, sucessos da MPB e o hit latino ‘Despacito’. O projeto Musicalidade, a banda Unijazz Brasil, a roda de samba do projeto Hoje tem Samba e o grupo Os sensacionais do Passinho colocaram os visitantes para dançar.

E misturando sambas-enredo históricos e os mais recentes, a bateria da escola de samba Estação Primeira de Mangueira fechou o evento com um gostinho de quero mais.

Reportagem: Richard Hollanda – Comunicação Sistema OCB/RJ (com informações de Raphaela Gentil, Ex-Libris)

Comunicação

Comunicação

Você também pode gostar de:

Agenda Institucional

[tribe_mini_calendar limit="3"]