Cooperativa Agro Verde participará de Feira Internacional de Produtos Orgânicos

Aipim, macaxeira, maniva, uaipi ou xagala, são as variações do nome da mandioca em todo território brasileiro. Essa raiz que é fonte de fibras e isenta de glúten, carrega versatilidade no nome, nas condições de plantio e nas formas de preparo. O alimento é o carro chefe da Agro Verde Cooperativa de Produtores Rurais na 14ª edição da BioBrazil 2018. A cooperativa foi um dos 10 empreendimentos selecionados pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), por meio de chamada pública, para participar da Brazil Fair | Biofach América Latina – Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia. A feira acontecerá no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, de 6 a 9 de junho.

A cooperativa foi fundada em junho de 2012 com o nome de COOPRJAP (Cooperativa de Produtores Rurais de Japeri). O processo de criação contou com a participação de cinco famílias e hoje tem a colaboração de aproximadamente 50 famílias. Inicialmente, no assentamento Normandia, em Engenheiro Pedreira, Japeri, forneciam os serviços apenas para pequenas feiras na própria região da cooperativa e pequenos mercados. Atualmente, comercializam para a Secretaria de Educação do estado do Rio de Janeiro e prefeituras. Agora, a matriz funciona em Duque de Caxias, Rio de Janeiro.

Desenvolvendo projetos de aumento da abrangência comercial para a rede hoteleira e cruzeiros, além de focar na área de exportação, a Agro Verde aguarda com muitas expectativas a sua primeira participação na Bio Brazil Fair. Diego Barreto, 29 anos, representante comercial da Agro Verde, destaca que a relação com a terra é algo que vem se desenvolvendo a cada dia, procurando sempre aprender com os cooperados, fica cada vez mais envolvido e encantado com todo o processo da prática da agricultura.

“A nossa expectativa é sempre a melhor possível onde possamos agregar valor, destaque e divulgação da Agro Verde. Esperamos uma oportunidade muito boa de contatos comerciais e divulgação dos produtos, para que torne a cooperativa mais conhecida em âmbito nacional”, pondera Diego.

Nessa edição a cooperativa está levando para a feira a mandioca já processada, cortada, descascada e embalada a vácuo; banana passa, farinha de mandioca e farinha de tapioca. “Acreditamos que a mandioca será a grande novidade e o grande triunfo da cooperativa na feira”, conclui.

Bio Brazil Fair

A Bio Brazil Fair| Biofach América Latina é hoje a plataforma oficial do mercado de produtos orgânicos na América Latina. Reúne desde empresas líderes de mercado até pequenos produtores. A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) apoiará 10 empreendimentos selecionados por meio de chamada pública para participarem do estande coletivo da pasta.

Cada empreendimento terá um espaço preparado para expor, negociar e vender os produtos, além de um catálogo de apresentação comercial e acompanhamento técnico para abertura de novos mercados. Todos os empreendimentos atenderam aos critérios de possuir a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) jurídica e produtos com certificação orgânica reconhecida pela legislação. “A Bio Brazil Fair| Biofach América Latina é uma ótima oportunidade de comercialização para os agricultores familiares. O evento funciona como vitrine para alavancar as vendas do setor, além de fortalecer e reconhecer a agricultura familiar”, afirma o secretário especial da Sead, Jefferson Coriteac.

Os outros participantes brasileiros que estarão no estande são: Fazenda Bacuri, Coopeg Coopfam, Coopavam, Cootap, Weber Haus, Coopernatural, Cooperacre e Comapi.

Serviço
Bio Brazil Fair 2018
Data: 6 a 9 de junho de 2018
Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi, São Paulo.

Fonte: Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário