Dias das Mães é celebrado na Unimed Federação Rio

Carinho, surpresa e emoção são as palavras que definem a comemoração do Dia das Mães, realizada na Unimed Federação Rio, no dia 10 de maio. O objetivo, da ação, que contou com o apoio do Sescoop-RJ e faz parte do Movimento Dia de Cooperar, foi integrar e valorizar as mães, além de imprimir o jeito de cuidar Unimed.
O ponto alto do encontro, que reuniu as colaboradoras da instituição, foi a exposição de fotos de seus filhos em um mural. Em cada fotografia estava o nome da mamãe correspondente. Foi um tempo de muita felicidade e, principalmente, emoção. Tudo isso acompanhado da apresentação musical da cooperativa Unijazz Brasil.

Após isso, o colaborador do Administrativo – Gestão de Pessoas, Marcos Guimarães, ao explicar o desenvolvimento da atividade aos presentes, leu o texto “Ser mãe dói”, que levou muitas às lágrimas, mais uma vez. “Amei a surpresa. Gostei de tudo. Adorei o texto, todo o entrosamento da equipe do Administrativo-Gestão de Pessoas conosco, a abertura do diretor Paulo Wesley e, também, a orquestra. É importante destacar a parceria com o Sescoop/RJ que tem sido ótima para todos”, destacou a supervisora de Regulação, Ana Paula Polli.

“Essa ação conseguiu superar todas as anteriores. Eu estou aqui há 13 anos e eles conseguiram fotos de crianças de quando entrei. Fiquei muito feliz”, falou Adriana Santos, da área de Operações e Custos Assistenciais.

O diretor de Mercado e Tecnologia da Informação da Federação Rio, Paulo Wesley Bragança, parabenizou as mães e ressaltou a importância de cada uma delas, em diversos âmbitos. “A mulher, naturalmente, é uma profissional atenta e detalhista. Mas quando se torna mãe, ela fica ainda melhor”, disse ele.

Programação

O dia começou com uma palestra, acompanhada de aula demonstrativa de Krav Maga, ministrada pelo professor faixa preta 1º Dan, Ioav Lichtenstein, licenciado na Federação Sul Americana de Krav Maga. O momento, aberto para todos os colaboradores, contou com a demonstração de diversas técnicas da defesa pessoal israelense e esclareceu dúvidas a respeito. “Gostei muito porque consegui entender um pouco mais a respeito do Krav Maga. O interessante é que qualquer um pode fazer independente da condição física”, falou a colaboradora Aline Ramos, da Regulação.

Outros depoimentos

Durante a ação, aconteceu a intercooperação entre a Unimed Federação Rio e a Unijazz Brasil. De acordo com o presidente da cooperativa, Moisés Pedro, o convite partiu do setor de recursos humanos da federação das Unimeds e o evento foi uma experiência ímpar. “Apesar de já termos tocado em outros eventos de homenagem às mães, este deixou uma marca singular na medida em que pudemos ver o carinho da equipe de RH com as mães colaboradoras que, inclusive, choraram com a linda homenagem não esperada num ambiente corporativo”, disse.

A técnica do setor de Promoção Social do Sescoop/RJ, Camila Feitosa, foi quem assumiu os vocais durante a apresentação e animou as mães presentes, com direito à coral. Apesar do desafio, mesmo não cantando profissionalmente, ela se sentiu lisonjeada de participar da homenagem. “Cantar para um grupo de mães me deixou emocionada, me senti acolhida, e vivenciei uma tarde magica ao ver os olhos das mamães brilharem. Confesso que bateu até saudade da minha, que mora no nordeste do país”, falou.

Reportagem: Assessoria de Comunicação Unimed Federação Rio (Com informações do Sistema OCB/RJ)