Cerci se destaca por trabalho voluntário

O Interesse pela Comunidade é um os princípios do cooperativismo. A intenção é gerar benefícios sociais e econômicos não somente para seus cooperados, mas para todos da região de atuação da cooperativa. Todo este conceito está presente no trabalho de pavimentação que a Cooperativa de Eletrificação Rural Cachoeiras-Itaboraí (Cerci), realiza voluntariamente ao longo de 500 metros da Rua José Machado Filho, localizada no bairro de Papucaia, em Cachoeiras de Macacu.

De terra batida e com diversos buracos, o local causava transtornos para motoristas e prejudicava o fluxo dos veículos de atendimento da cooperativa. Segundo o gerente administrativo da Cerci, Waldiney Araújo, a ação foi pensada para beneficiar especialmente aos moradores que sofriam diariamente com a má conservação da via.

“A proposta tem o intuito de melhorar a qualidade de vida da comunidade local. Todo esse trabalho conta com o apoio da presidência e do Conselho Administrativo da cooperativa. Sabemos que esta é uma atividade do poder público, mas percebemos que precisávamos fazer algo. E o retorno dado pelos nossos cooperados é o mais positivo possível e muitos acabam entendendo a transformação que o cooperativismo traz para as comunidades”, disse o gerente administrativo, completando que o trabalho já está chamando a atenção de moradores de outras regiões atendidas pela Cerci.

Cerci

A Cooperativa de Eletrificação Rural Cachoeiras – Itaboraí (Cerci) foi fundada em 13 de abril de 1969. As primeiras redes de distribuição abasteciam a localidade de Funchal, em Cachoeiras de Macacu e Ipitangas, hoje pertencente ao Município de Tanguá. As ações empreendidas a partir da data de sua fundação até os dias atuais não pararam e, hoje, a cooperativa atende com energia elétrica associados em localidades das cidades de Cachoeiras de Macacu, Itaboraí, Tanguá, Rio de janeiro e Silva Jardim.

Reportagem: Richard Hollanda – Comunicação Sistema OCB/RJ