Cooperativas do Rio de Janeiro participam de especialização sobre produção de leite

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Representantes das cooperativas agropecuárias Garça Branca, localizada na divisa dos municípios de Barra Mansa e Volta Redonda, e a CMRV, de Valença, participaram da  segunda edição da qualificação técnica em bovinocultura de leite, voltada a profissionais das cooperativas brasileiras.

A capacitação foi realizada no dia 23 de março, em Juiz de Fora (MG). A iniciativa é fruto da parceria entre Sistema OCB, por meio do Sescoop, e Embrapa Gado de Leite. O objetivo foi ampliar a competitividade do cooperativismo agropecuário de leite, por meio da capacitação dos técnicos que atuam junto aos cooperados. O curso é composto por sete módulos mensais, sendo que o primeiro módulo contou com a participação de 25 profissionais ligados a cooperativas de leite dos estados de MG, RJ, ES, MT e SC. Também participaram pesquisadores da Embrapa e representantes do Sistema OCB.

SUCESSO
A realização da segunda edição comprova a demanda das cooperativas brasileiras em capacitar seus técnicos. Para o analista técnico e econômico da OCB, Fernando Pinheiro, este curso marca o sucesso da parceria com a Embrapa Gado de Leite. Segundo ele, representa um caminho para que o resultado gerado pelas pesquisas chegue aos profissionais responsáveis pela transferência de conhecimentos aos agricultores, possibilitando, também, que a experiência dos técnicos seja compartilhada com os pesquisadores.
“Esse intercâmbio possibilita levar ao produtor novas tecnologias e ferramentas, como também trazer para os pesquisadores as demandas de tecnologia para o desenvolvimento da atividade leiteira”, avalia o representante da OCB.

EFETIVIDADE
A Embrapa Gado de Leite, por meio de sua equipe de pesquisadores especializados na cadeia produtiva do leite, direciona as principais soluções tecnológicas para a cadeia produtiva de leite, bem como as principais discussões sobre temas transversais. Além de sua equipe, a Embrapa convida também, especialistas do setor, para participar das instruções e discussões durante todos os módulos.

COMO
As capacitações serão desenvolvidas em sete módulos presenciais, com 24 horas, cada. A abordagem metodológica conciliará apresentações teóricas e práticas, visando maior dinamismo didático. Neste primeiro módulo, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer as instalações da Embrapa Gado de Leite, além de participarem de palestras e debates sobre a estrutura da cadeia produtiva do leite, a produção de leite no Brasil e no mundo, cenários e análise do mercado do leite e muitos outros. (Com informações da Embrapa Gado de Leite).

Fonte: Somos Cooperativismo

Comunicação

Comunicação

Você também pode gostar de:

Agenda Institucional

« fevereiro/2019 » loading...
STQQSSD
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
22
23
24
26
27
28
1
2
3