Dirigentes conversam sobre ações para o cooperativismo fluminense

Dirigentes conversam sobre ações para o cooperativismo fluminense

O presidente do Sistema OCB/Sescoop-RJ, Marcos Diaz, e o diretor administrativo-operacional da Unimed Federação Rio, Dr. Gilson Lima, se reuniam no dia 24 de novembro, na central das cooperativas médicas. O encontro aconteceu antes do 2º Encontro Jurídico das Unimeds do Rio de Janeiro e teve como intuito o estreitamento de laços entre as instituições. O apoio em ações e eventos institucionais foi outro ponto debatido pelos dirigentes.

Fundada em 20 de agosto de 1972, a Unimed Federação Rio presta serviços de consultorias, câmaras técnicas, suporte para aprimoramento dos processos de gestão, soluções em Tecnologia da Informação, redução de custos em procedimentos de alta complexidade. Além disso, atua como interface entre a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e o Sistema Unimed fluminense e fomenta e facilita o relacionamento entre as Unimeds em todas as esferas do Sistema, inclusive, em âmbito nacional.

Ela subsidia suas Federadas com o objetivo de fortalecer o diálogo, trocar experiências e compartilhar modelos de negócios que contribuam com as melhorias nas demandas apresentadas pelas Singulares.

O diretor Dr. Gilson Lima, durante o encontro, afirmou que o Sistema OCB/Sescoop-RJ tem sido um parceiro importante para o desenvolvimento do cooperativismo e da central das cooperativas. “Desde quando assumimos a Federação, entendemos que é necessário ter um elo para fortalecer o cooperativismo fluminense e brasileiro. Por isso, de acordo com a atual política da instituição, todos os nossos eventos contarão com o apoio do Sistema OCB/RJ”, disse o dirigente.

Na conversa, o presidente Marcos Diaz afirmou que a parceria com as singulares da Unimed no Rio de Janeiro é uma das obrigações do Sistema OCB/Sescoop-RJ. “É imprescindível ter a Unimed presente na instituição. No passado, ela, inclusive, ocupou a diretoria da OCB/RJ. Hoje, mais próximos, somos conhecidos pelos presidentes das singulares. No entanto, precisamos avançar ainda mais, pois todo o cooperativismo precisa contar com profissionais que agreguem valor ao movimento”, afirmou Diaz.

Ainda durante a conversa, o diretor Dr. Gilson Lima comentou o fato de a Unimed Volta Redonda ter sido uma entre as 41 do país a receber o Prêmio Sescoop Excelência em Gestão 2017. “Essa conquista é fruto do trabalho promovido pelo Sescoop/RJ, através dos Programas de Desenvolvimento de Gestão Cooperativista. A Unimed Volta Redonda já vinha trabalhando em projetos de qualificação e a iniciativa promovida pelo Sescoop facilitou esse processo. Isso mostra a pujança do cooperativismo e, por isso, incentivamos todas as singulares a, também, participarem dessas avaliações”, comentou.

Ao final da reunião, os dirigentes afirmaram que novos encontros ocorrerão para definição de ações a serem desenvolvidas ao longo do ano de 2018.

Reportagem: Comunicoop – Assessoria de Comunicação do Sistema OCB/RJ