Reunião em Campos dos Goytacazes discute criação de cooperativa de pescadoras

Reunião em Campos dos Goytacazes discute criação de cooperativa de pescadoras

A constituição de uma cooperativa de pescadoras na comunidade do Farol de São Tomé, em Campos dos Goytacazes, reuniu no dia 5 de setembro o representante regional do Sescoop-RJ, Willian Azevedo, o superintendente de Pesca e Aquicultura do município, José Roberto Pessanha, o seu Adjunto José Armando Barreto, e cerca de 20 mulheres que trabalham com esta atividade no local.  O encontro faz parte das visitas técnicas promovidas pela instituição visando promover a cultura da cooperação e disseminar a doutrina, os valores e princípios do cooperativismo.

De acordo com José Armando Barreto, boa parte das mulheres da comunidade de pescadores de Farol agrega alguma renda, além das que garantem o sustento de suas famílias realizando o trabalho na limpeza do peixe e no descasco do camarão de maneira informal.

” A nossa maior preocupação é com a garantia da dignidade e respeito às mulheres envolvidas diretamente nas atividades laborais e também no apoio aos seus familiares pescadores. Com organização e envolvimento cooperativo, elas vão ter oportunidades no desenvolvimento pessoal e social. Esse empoderamento vai permitir buscar a garantia do aumento no trabalho e renda, colaborando na formalização do setor e até oferecer aos atuais patrões a possibilidade de contratar o seu trabalho de modo regular”, disse José Armando.

Ele acrescentou que a constituição da cooperativa será um passo importante para a evolução do setor pesqueiro em Farol, fomentando o associativismo e cooperativismo que é uma das ações do planejamento estratégico desenvolvido para a pesca e aquicultura no município.

O próximo passo será a realização de uma palestra sobre “Fundamentos do Cooperativismo” às mulheres interessadas em constituir a cooperativa.

Fonte: Bruno Oliveira – Analista de Comunicação do Sescoop-RJ