Datacoop estimula leitura em ação pelo Dia de Cooperar

Datacoop estimula leitura em ação pelo Dia de Cooperar

A Hora do Conto, iniciativa da Cooperativa de Bibliotecários, Arquivistas, Museólogos, Documentalistas e Profissionais da informação – Datacoop, desenvolvida em parceria com o Sistema OCB/Sescoop-RJ, a Cooperativa Educacional Tupambaê e o Museu de Arqueologia de Itaipu (MAI), levou cultura, conhecimento e incentivou a formação do hábito da leitura a 35 crianças que moram na Colônia de Pescadores de Itaipu, em Niterói.

A atividade, realizada em 26 de julho no MAI, fez parte da Campanha do Dia C. A programação começou com as histórias – “Pedrinho aprende a ser organizado” , “E o livro ficou doente  e “Uma história barriguda” – contadas pelas escritoras Beatriz Chacon e Vania Alves, e que despertaram a curiosidade da criançada, com idade entre 6 e 12 anos.

Em seguida foi o momento da escavação arqueológica, em que as crianças se tornaram pequenos arqueólogos, dispondo cada uma de um quadrado no qual foram escondidos ossos e pedras. Elas participaram de uma oficina de escavação e depois, munidas de pás e prancheta, aprenderam a descobrir e anotar seus achados, tudo sob a supervisão do historiador, pesquisador e bibliotecário, Stelvio Figueiró.

Ao longo do dia ainda foram realizadas visita guiada ao Museu, distribuição de brinquedos educativos e um piquenique de confraternização.

A coordenadora de projetos externos da Datacoop, Guilma Vidal, destacou que a parceria com o Museu de Arqueologia de Itaipú visou não só à cessão do espaço físico, mas também a integração com as atividades do setor socioeducativo do local, que vai ao encontro do que pensa a cooperativa:

“A DataCoop, por ser cooperativa de bibliotecários, arquivistas e museólogos, procura, em seus projetos sociais, desenvolver atividades que tenham correlação com documentação e pesquisa e estímulo à formação de hábitos de leitura e de visitação a museus. Nesse sentido, buscamos parcerias com entidades congêneres ou afins, como a Cooperativa Educacional Tupambaê e a microempresa Biblio Idéias, da bibliotecária Marcelle Rebello, que criou o grupo “Juntos vamos mais longe” , formado por pequenos empreendedores que desenvolvem projetos conjuntos”, disse Guilma.

Reportagem: Bruno Oliveira – Analista de Comunicação do Sistema OCB/RJ