Cooperativismo presente na II Olimpíada Brasileira do Saber

Cooperativismo presente na II Olimpíada Brasileira do Saber

A Cooperativa de Trabalho dos Profissionais da Educação de Angra dos Reis (Cooperar) participou de 6 a 9 de julho da II Olimpíada Brasileira do Saber (OBS). O evento reuniu cerca de 80 alunos de escolas públicas e particulares de todo o Brasil no Centro de instrução Almirante Graça Aranha – Ciaga, complexo de Instalações que mantém a Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante, no Rio de Janeiro.

Durante esse período, foram realizadas provas objetivas, “quiz” de Matemática e Ciências da Natureza, debates, desafio tecnológico, competições de barcos e robôs e palestras.

Representando a Cooperativa Cooperar, estiveram os alunos Gabriel Vieira, Laura e Anna Karoline. A equipe foi liderada pelo professor Bruno Santos Carvalho, que em uma das palestras  destacou o crescimento das Cooperativas Educacionais e  apresentou os valores que o cooperativismo propaga para a sociedade.

Presidente da cooperativa Cooperar, o professor Astrogildo Gomes disse que constam na proposta pedagógica da Cooperar a construção de uma educação de qualidade e o compromisso com a formação integral do educando reconhecendo-o como cidadão que age e interage socialmente.

“ Foi com este intuito que propiciamos aos nossos alunos a participação  na II Olimpíada Brasileira do Saber. Acreditamos que esta é uma excelente forma de despertar ainda mais o desejo pela busca do conhecimento e aperfeiçoamento das habilidades desenvolvidas durante a sua vida escolar.”, explicou Gomes.

Além disso, o professor Gomes ressaltou a oportunidade de divulgar a marca do cooperativismo e agradeceu ao Sistema OCB/RJ por todo apoio.

“Não temos dúvida de que o evento também contribuiu para a solidificação das marcas cooperativistas. Aproveito a oportunidade para agradecer a todos do Sistema OCB/Sescoop-RJ que viabilizaram esta nossa participação”.

Olimpíada Brasileira do Saber

A OBS, que foi criada em 2014, é idealizada por Professores de Escolas Públicas e Privadas (PEPP) e tem o objetivo de estimular o interesse dos estudantes brasileiros para a Arte, Matemática, Raciocínio Lógico, Língua Estrangeira, Ciências da Natureza e Educação Tecnológica. Estudantes de escolas públicas e particulares do Brasil, a partir do 9º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio, podem participar da Olimpíada.

 

Reportagem: Bruno Oliveira – Analista de Comunicação do Sistema OCB/RJ