#Somoscooperativismo movimenta a cidade de Niterói

#Somoscooperativismo movimenta a cidade de Niterói

A cidade de Niterói recebeu, em 30 de maio, mais uma edição do #somoscooperativismo, iniciativa do Sistema OCB/Sescoop-RJ que tem como intuito apresentar o modelo cooperativista para a sociedade e, também, divulgar serviços e produtos oferecidos pelas cooperativas do Rio de Janeiro. Nesta edição, participaram as cooperativas Mistura Carioca, Celenit, Credicerj e Sicoob Fluminense. Além disso, equipes de educação no trânsito do Detran/RJ e agentes da Lei Seca participaram da iniciativa.

As ações foram em consonância com o Maio Amarelo, campanha de conscientização para um trânsito mais seguro, tendo como premissa a preservação da vida do condutor e as dos demais cidadãos. Ao longo do dia, foram distribuídos kits aos motoristas e pedestres que passaram pelo Terminal Rodoviário João Goulart. O material propunha uma reflexão sobre um trânsito seguro, além de alertar para a limpeza da cidade.

A criançada também se conscientizou. Uma equipe do Detran/RJ promoveu uma oficina de pintura, onde os pequenos puderam aprender sobre as regras do trânsito de forma lúdica. “As crianças são ótimos agentes multiplicadores de transformação. E é isso que trabalhamos durante o evento”, disse Manoela Morgado, chefe do Centro Pedagógico da Coordenadoria de Educação para o Transito do Detran/RJ.

A Lei Seca promoveu uma reflexão sobre a importância de evitar beber e dirigir. “O Maio Amarelo é uma campanha de conscientização e em Niterói, muito mais do que alertar, apresentamos relatos de pessoas que fizeram escolhas erradas e beberam e dirigiram”, comentou Wallace Santos, chefe de equipe da Lei Seca.

O evento também teve oficina e exposição de artesanatos e orientações sobre saúde. Representando o presidente do Sistema OCB/Sescoop-RJ, Marcos Diaz, o vice-presidente da OCB/RJ, Jorge Meneses, compareceu ao local. “O cooperativismo tem que falar para fora, para a sociedade. Apenas dessa forma o modelo econômico pode ser conhecido por mais pessoas. E eventos como o #somoscooperativismo mostram que isso é possível de acontecer”, afirmou.

“A ação em Niterói mostrou a força do cooperativismo no Rio de Janeiro e suas potencialidades, assim como a preocupação com a comunidade. Mostramos que o cooperativismo é um modelo capaz de promover a transformação social e econômica”, explicou a coordenadora de Promoção Social do Sescoop/RJ, Cristiane Quaresma.

Público
Muitos que passaram pelo movimentado Terminal João Goulart não conheciam, de fato, o cooperativismo. No entanto, ao verem alguns dos serviços que as cooperativas promovem, ficaram surpresos. “Não sabia que existia uma cooperativa de professores de língua estrangeira ou uma cooperativa financeira em que eu posso ser dono. Me surpreendeu positivamente”, disse Antônio Cesar Castro, 38 anos, morador de São Gonçalo.

Já a moradora de Piratininga, Rosângela Santos, 45 anos, se encantou com os materiais produzidos pela Mistura Carioca. O encanto foi tanto que ela até participou de uma oficina de artesanato, promovido pela cooperativa. “Você percebe que tudo é feito com muito amor e carinho. As peças são lindíssimas e, se pudesse, levaria tudo para casa”, afirmou.

Confira as fotos:

Reportagem: Richard Hollanda – Comunicoop – Assessoria de Comunicação do Sistema OCB/RJ