Colaboradores do Sistema OCB/RJ promovem ação “Abraços Grátis”

Colaboradores do Sistema OCB/RJ promovem ação “Abraços Grátis”

Já diz um trecho da música “Dentro de Um Abraço”, do grupo Jota Quest: “Tudo que a gente sofre/ Num abraço se dissolve/Tudo que se espera ou sonha/Num abraço a gente encontra”. Foi neste clima de amor, união, carinho, harmonia e , é claro, muita cooperação, que colaboradores do Sistema OCB/RJ realizaram hoje, 22 de maio, Dia do Abraço, a ação “Abraços Grátis”.

A atividade, que fez parte da Campanha do Dia de Cooperar (Dia C), estimulou a troca de afeto, que atualmente, devido a amizades e relacionamentos virtuais, está cada vez menos frequente. Esta foi uma das sete opções mais votadas no Varal de Ideias elaborado pelo setor de Promoção Social, para junto ao corpo técnico da instituição, criar ações voltadas aos públicos interno e externo.

Assim, quem passou esta manhã pela Avenida Presidente Vargas e pela Rua Uruguaiana, no Centro do Rio, pôde sentir um pouco deste calor humano, traduzido em abraços. Foi o caso de Arleide Cleide. Aniversariante do dia, ao caminhar pela rua para ir ao trabalho, foi perguntada se aceitaria receber um abraço. No início, ficou na dúvida, mas em seguida, ao perceber o propósito da ação, abriu um sorriso e se emocionou:

“No mundo de hoje, com tanta violência e dificuldade, ainda vemos ações assim, simples, que trazem uma enorme paz interior. Parabéns a todos que participam. Foi um belo presente de aniversário”, disse.

Roni Valadez está há 10 dias no Rio de Janeiro, de férias com a família. Ele, que é de Rondônia, disse nunca ter visto uma ação como essa:

“Encontrar pessoas que param as suas atividades e levam gratuitamente um pouco de carinho àquelas que não conhecem, realmente é de se tirar o chapéu. Muito legal”, destacou.

Do alto de seus 80 anos de vida, dona Arlete Rocha havia saído da igreja há alguns minutos, quando foi abraçada pelos colaboradores do Sistema OCB/RJ. Surpresa e ao mesmo tempo muito feliz, espera que estas ações “de muito conforto”, se multipliquem.

“Quem não gosta de receber um abraço? Gostei muito. Continuem assim”.

Coordenador da ação “Abraços Grátis”, Márcio Leoni, do setor administrativo da OCB/RJ era só alegria com a receptividade do público.

“Abraçar pessoas que você nunca viu e poder ouvi-las dizendo: “obrigado”, “que atitude bonita de vocês”, “o mundo está precisando de abraços assim”. Precisamos de abraços diários para sentirmos uns aos outros e demonstrarmos mais carinho ao próximo. Agradeço a todos que participaram”.

 Veja as fotos:

Reportagem: Bruno Oliveira – Analista de Comunicação do Sistema OCB/RJ