Dia C é lançado para cooperativas da Região Metropolitana

Dia C é lançado para cooperativas da Região Metropolitana

Com o lema “Atitudes simples movem o mundo”, foi lançado para as cooperativas da Região Metropolitana do Rio de Janeiro o Dia de Cooperar (Dia C) 2017. O evento ocorreu no auditório da Unimed Federação Rio e reuniu representantes de cooperativas, além de diretores, conselheiros e colaboradores do Sistema OCB/RJ.

Pela primeira vez nos quatro anos que participa da Campanha, o Sistema OCB/RJ promoveu lançamentos regionais. Além da Metropolitana, as Regiões dos Lagos, Norte/Noroeste, Serrana e Centro Sul Fluminense também receberam o Dia C. A ideia foi mobilizar as cooperativas que ainda não integraram o projeto apresentando a elas os resultados, as conquistas e os exemplos das ações solidárias do maior projeto de voluntariado cooperativista do país. Além disso, o objetivo foi informar que a partir deste ano, as ações do Dia C devem estar alinhadas aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Ao abrir a solenidade, o presidente do Sistema OCB/Sescoop-RJ, Marcos Diaz, afirmou que O Dia C virou um símbolo do cooperativismo. “O cooperativismo está começando a entrar na vida social deste país e costumamos dizer que ele é o parceiro ideal para governos sérios, uma vez que fazendo o simples, temos atingido incríveis resultados que beneficiam quem mais precisa”, disse.

Apresentações também foram feitas durante o lançamento e todas as atividades tiveram como pensamento transformar o mundo, simbolizado por uma miniatura do globo terrestre. Coube ao facilitador, o professor de literatura e contador de histórias, Evanildo Fernando, iniciar as intervenções lúdicas. Além de fazer perguntas à platéia sobre o tema da Campanha do Dia C deste ano, Evanildo leu poemas que retratavam a necessidade de se pensar no próximo.

Além de momentos interativos, houve espaço também para a parte técnica. A analista de desenvolvimento social de cooperativas do Sescoop, Patrícia Resende, falou sobre o Dia C e as expectativas para o evento. “O Dia C é um processo, não um evento que acontece todo o ano. Hoje, 40% das ações são contínuas e nosso desejo é chegar a 70%. Além disso, queremos que aconteçam resultados efetivos, baseados em práticas de responsabilidade socioambiental nas comunidades onde as cooperativas estão inseridas”.

Já a técnica de Promoção Social do Sescoop-RJ, Camila Feitosa, apresentou o Sistema de Inscrição e Cadastro de iniciativas no site do Dia C (diac.somoscooperativismo.coop.br)

A coordenadora de Promoção Social do Sescoop/RJ, Cristiane Quaresma, reafirmou a importância de as cooperativas abraçarem os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU).

“A essência do Dia de Cooperar é promover ações duradouras que possam transformar, mudar e mover as pessoas para melhor. É fundamental que as cooperativas identifiquem as potencialidades para desenvolver seus projetos”, comentou Cristiane, acrescentando que, em 2017, colaboradores do Sistema OCB/Sescoop-RJ também promoverão ações, como Dia do Abraço, Palestra sobre Educação Financeira, Arraiá da Cooperação, em que toda arrecadação será destinada a uma instituição carente do município, criação de uma sala de leitura, entre outras.

Cases de sucesso

Sicoob Cecremef, Tupambaé e Sicoob Fluminense foram as cooperativas escolhidas para mostrarem algumas da iniciativas promovidas. O Sicoob Cecremef foi representado pela diretora social da cooperativa, Mina Fiszman. Segundo Mina, no ano de 2016 foram realizadas ações variadas em diversas partes do Estado. Teatro itinerante, consultório odontológico móvel, atividades em abrigos e orfanatos, campanhas de doação de sangue e de vacinação, foram algumas das iniciativas promovidas.

“Desde que o Dia C foi lançado, em 2014, a cooperativa abraçou a causa, pois está no DNA do Sicoob Cecremef. Em 2016, promovemos dez iniciativas e ver pessoas felizes é gratificante e reconfortante. Para este ano, novas iniciativas estão previstas”, comentou Mina, que agradeceu ao Sistema OCB/Sescoop-RJ pelo apoio nas atividades.

Outra cooperativa que apresentou o seu caso foi a Tupambaé, que promoveu uma ação de intercâmbio cultural e de reflorestamento em aldeia indígena. A assessora da presidência da OCB/RJ, Sabrina Oliveira, foi quem sugeriu a participação da cooperativa, pois viu a oportunidade de mudar a vida de índios da aldeia Tekoa Ka’ Aguy Ovy Porã, em Maricá, na Região dos Lagos. Na oportunidade, foram plantadas mais de 70 mudas de espécies da Mata Atlântica na reserva ambiental indígena de Maricá. “Foi uma ação emocionante, pois conhecemos o modo de vida da tribo e ainda contribuímos para a preservação da natureza, visto a relação próxima que eles têm com a natureza”, explicou Sabrina.

Neilton Ribeiro da Silva, diretor-presidente do Sicoob Fluminense, falou aos presentes sobre as ações sociais de sucesso realizadas pela instituição e da importância dos encontros regionais para a apresentação dos objetivos para o Dia C 2017. “Os encontros fortalecem a parceria das cooperativas e mobiliza a intercooperação. Saímos daqui cheios de garra e com a mensagem de que ainda fazemos pouco diante do que podemos fazer. Uma ação sozinha, desconectada, não tem a força que ela poderia ter se for feita com a união de diversas cooperativas”, afirmou.

Confira as fotos:

Celebração

O grande evento do Dia C no Rio de Janeiro será em 1º de julho, no Largo do Machado, Zona Sul do Rio de Janeiro.

Reportagem: Richard Hollanda – Comunicoop – Assessoria de Comunicação do Sistema OCB/RJ

Fotos: Léo Poyart – Comunicoop