Sistema OCB/RJ realiza VII Encontro Técnico de Desenvolvimento do Ramo Agropecuário

Sistema OCB/RJ realiza VII Encontro Técnico de Desenvolvimento do Ramo Agropecuário

Nos dias 21 e 22 de abril o Sistema OCB/RJ realizou em Nova Friburgo o VII Encontro Técnico de Desenvolvimento do Ramo Agropecuário. O evento reuniu representantes de 12 cooperativas do estado: Barra Mansa, Capil, Capsil, Capsul, Coop Carmo, Coop. Mulheres, Duas Barras, Garça Branca, Macuco, Comvaca, Sicoob Fluminense e CAS-Sapucaia. O objetivo foi, além de apresentar o atual panorama do mercado lácteo em âmbitos Nacional e Internacional, promover a intercooperação, fazendo com que as cooperativas realizem negócios entre si.

O Encontro, conduzido pelo Representante Estadual do Ramo Agropecuário, Alberto Figueiredo, começou com as boas-vindas do presidente do Sistema OCB/RJ, Marcos Diaz:

“A gestão do Sistema OCB/RJ não acredita em fatos isolados. Entendemos que para o desenvolvimento das cooperativas, precisamos criar mecanismos que garantam a qualidade da gestão. Encontros como estes são meios que as cooperativas têm de aprender sobre o atual cenário de suas atividades, por intermédio de profissionais altamente gabaritados. É função do Sistema OCB/RJ dar às cooperativas a oportunidade de se especializarem”.

Também estiveram presentes o vice-presidente da OCB/RJ, Jorge Meneses,  o diretor da Instituição, Vinicius Mesquita,  a coordenadora de Promoção Social do Sescoop/RJ, Cristiane Quaresma, e a técnica do setor, Luciana Batista, os analistas de monitoramento, Jorge Pecly, Marcio Fernandes e Willian Azevedo, e os assessores da presidência Luiz Carlos Costa e Luiz Amaral.

Programação

No primeiro dia, o consultor Rafael Garbois apresentou a palestra “Sozinhos vamos mais rápido. Juntos vamos mais longe” que teve como objetivo mostrar a importância de ações em conjunto.

Posteriormente, Wilson Massote, diretor executivo do G 100 ( Associação Brasileira das Pequenas e Médias Cooperativas e Empresas de Laticínios) falou sobre as perspectivas do mercado lácteo a nível internacional e nacional, e contou sobre ações realizadas pelo G100.

O Case de Sucesso ficou a cargo do presidente do G100 e da Cooperativa Serramar situada no vale do Paraíba no estado de São Paulo, Pedro Augusto Guimarães. O dirigente apresentou os trabalhos desempenhados pela Cooperativa de Laticínios Serramar, que tem 73 anos de história, mais de 800 cooperados ativos, produzindo atualmente mais de 65 milhões de litros de leite, contando com uma ampla rede de distribuição, levando a saúde do campo a regiões como o Vale do Paraíba, Campinas, Região Bragantina, Região Sul Fluminense, Litoral Norte, São Paulo e Grande São Paulo.

Segundo dia

No dia 22 de abril a professora da Universidade Federal de Santa Maria do Rio Grande do Sul Neila Richards, ministrou a palestra “Produtos Industrializados e Mercado” com foco na inovação dos produtos lácteos e produtos a base de leite.

Depois foi a vez do pesquisador da Embrapa Gado de Leite Marcelo Bonnet, apresentar questões de legislação do setor lácteo quanto a qualidade do leite.

Finalizando os trabalhos, o professor da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Helios Malebranche, organizou o grupo para uma discussão de impactos internos e externos que dificultam as ações das cooperativas e as possíveis soluções. A proposta é que seja feito um projeto abrangente para o desenvolvimento das cooperativas agropecuárias fluminenses.

Fonte : Bruno Oliveira – Analista de Comunicação do Sistemas OCB/RJ