OCB e ONU debatem parceria internacional

OCB e ONU debatem parceria internacional

O presidente da OCB, Márcio Lopes de Freitas, se reuniu na tarde da última terça-feira (21/2), com o coordenador residente da ONU no Brasil, o embaixador Niky Fiancic. Na pauta da reunião estavam projetos de cooperação entre as duas organizações visando à promoção do cooperativismo brasileiro e latino-americano.
Os dirigentes discutiram o papel das cooperativas na Agenda 2030 das Nações Unidas. Lançada em setembro de 2015, a Agenda apresenta o comprometimento dos governos de todo mundo com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Eles visam criar um engajamento global para a mudança de entraves sociais em todo o planeta. As Nações Unidas reconhecem no modelo cooperativista um mecanismo ímpar de geração de desenvolvimento social e crescimento econômico, colaborando de forma direta com todos os 17 ODS.
PARCERIA
O presidente da OCB reforçou o interesse da instituição em trabalhar em parceria com a ONU para a Agenda 2030. Um grupo de trabalho entre técnicos das duas organizações iniciará contatos para planejamento de projetos conjuntos. O Embaixador assegurou também o interesse da ONU em apoiar as ações do Dia C deste ano e de levar o projeto ao conhecimento de outros países.
APOIO
O coordenador residente solicitou o apoio da OCB para projetos de intercooperação com organizações cooperativistas de outros países da América Latina, por meio de seminários e ações de benchmarking.
PARTICIPANTES
Também participaram do encontro a Gerente Geral da OCB, Tânia Zanella e a Gerente de Desenvolvimento Social de Cooperativas do Sescoop, Geâne Ferreira. Por parte das Nações Unidas, participaram do encontro a Representante Residente do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Maristela Baioni e a Oficial de Desenvolvimento Humano Local e Fortalecimento de Capacidades do PNUD, Ieva Lazareviciute.
SOBRE AS NAÇÕES UNIDAS
A ONU é a principal organização internacional do mundo. Foi fundada no período pós Segunda Guerra Mundial com o objetivo de reduzir conflitos, combater desigualdades e estimular o desenvolvimento em todo planeta. A ONU possui diversas agências especializadas que se dedicam aos mais diversos temas, zelando pelos direitos humanos e fomentando a promoção social a nível internacional.
Em 1995, as Nações Unidas criaram o Dia Internacional do Cooperativismo, observado em todo mundo no primeiro sábado de julho. Já em 2012 a ONU celebrou o Ano Internacional do Cooperativismo, reconhecendo o modelo como propulsor de desenvolvimento econômico, promoção social e redução de conflitos. Desde então, sua sede em Nova Iorque passou a contar com um departamento voltado para cooperativas.

FONTE: OCB Nacional