Sicoob Central Rio completa 5 anos e inaugura nova sede

Sicoob Central Rio completa 5 anos e inaugura nova sede

“Tendo, a partir de agora, nossas bases bem consolidadas, chegamos em um momento de expandir, estar presente nos 92 municípios do estado e fazer com que o cidadão fluminense tenha acesso à uma cooperativa de crédito”. Com essas palavras, o presidente do Sicoob Central Rio, Luiz Antônio Araújo, almeja os próximos anos da Central, que comemorou o 5º aniversário em 1º de dezembro e inaugurou sua sede própria, localizada no Centro do Rio de Janeiro.
 
Atualmente, o Sicoob Central Rio é composto por nove cooperativas singulares no Rio de Janeiro e Espírito Santo, aproximadamente 60 pontos de atendimento e mais de 40 mil associados. A liderança da Central do Rio de Janeiro apontou que os números atuais são frutos do empenho e dedicação de cooperados, colaboradores e parceiros. 
 
“Para ampliar esse número, sem esquecer de olhar para pessoas, estamos capacitando os nossos profissionais e batalhando para dar aos associados os melhores benefícios”, disse Luiz Antônio durante a cerimônia de inauguração da nova sede. 
Um dos mais importantes parceiros do Sicoob Central Rio é o Sistema OCB/Sescoop-RJ. O presidente da instituição, Marcos Diaz, compareceu à solenidade e afirmou que se sente orgulhoso de ver a força da central das cooperativas de crédito.
 
“Sabemos que o segmento Crédito tem um potencial grande em nosso estado. Por isso, temos avançado em discussões acerca da ampliação do acesso às cooperativas pela sociedade. O Sistema OCB/Sescoop-RJ é – e continuará sendo – um parceiro para as ações do Sicoob Central Rio”, finalizou.
 
Homenagens
Durante o evento, personalidades do cooperativismo foram homenageados pelo trabalho desenvolvido em prol do crescimento das cooperativas de crédito: Alzira Silva de Souza e Dulciliam Corrêa Pereira. 
 
Alzira foi presidente do Sicoob Cecremef por 15 anos. Durante esse período, imprimiu uma administração marcada pela rigidez e por uma política econômico-financeira realista. Em 1980 comprou a sede, próximo ao Escritório Central de Furnas, que, antes mesmo de sua inauguração em 1982, já estava totalmente pago.
 
Já Dulcilian, em seu período à frente do Sicoob Cecremef – 23 anos -, modernizou as operações financeiras, instituiu a correção monetária do Capital e criou uma carteira de aplicações cooperativas. Dulciliam também profissionalizou o Serviço Social e instalou Postos de Atendimento Cooperativo em Angra, (onde está o segundo maior contingente de associados) e no Centro do Rio.

 

Fonte: Richard Hollanda – Comunicoop – Assessoria de Comunicação Sistema OCB/Sescoop-RJ