Cooperativas europeias são visitadas por dirigentes do Rio de Janeiro

Cooperativas europeias são visitadas por dirigentes do Rio de Janeiro

Um dos lemas da atual gestão do Sistema OCB/Sescoop-RJ é promover ações que possibilitem o desenvolvimento de cooperativas do Rio de Janeiro. Com o objetivo de fortalecer cooperativas do ramo Infraestrutura, representantes do Sistema e dirigentes de cooperativas do segmento visitam cooperativas de eletrificação da Alemanha e da Itália. A ideia é proporcionar a troca de experiências e trazer ao Brasil as boas iniciativas realizadas no exterior.
“Ao todo serão visitadas cooperativas e entidades distribuídas em 8 municípios alemães. A intenção é entender melhor o atual estagio de desenvolvimento das cooperativas e assim ampliar a base de conhecimento para construir um programa de fomento às energias renováveis no cooperativismo brasileiro”, disse Camilla Japp, da Deutsche Genossenschafts- und Raiffeisenverband e.V. (DGRV), a confederação das cooperativas da Alemanha. 
Vale ressaltar que a Alemanha é um dos países mais inovadores no campo da energia elétrica e, ultimamente, tem visto um crescimento no número de cooperativas de energia desenvolvidas pelos cidadãos. Uma estrutura legal favorável, juntamente com a liberalização das taxas de mercado de energia, tem sido um grande incentivo para o desenvolvimento das cooperativas de energia elétrica no país. 
 
Atualmente, a Alemanha conta com 854 cooperativas de energia, sendo 822 delas de energias renováveis, e produzem aproximadamente 1 GWh. “Nosso desafio é entender melhor o cooperativismo alemão para promover novos modelos de negócio para o cooperativismo brasileiro, e ainda fomentar o aproveitamento de fontes alternativas de energia pelas nossas cooperativas.” Afirma Marco Olivio Morato, analista técnico da OCB Nacional.
“Nossa proposta é justamente difundir o cooperativismo no Rio de Janeiro. A troca de experiências com profissionais de outros países é primordial para essa meta, ainda mais com um futuro que se desenha, com ampliação da utilização de energia renovável e a possibilidade da microgeração de energia. Temos que nos antecipar ao futuro e é isso que estamos trabalhando em nessa visitas”, comentou o presidente do Sistema OCB/Sescoop-RJ, Marcos Diaz.
 
Participam pelo Sistema OCB/RJ o presidente  Marcos Diaz, os diretores  Vinícius Mesquita e Angelo Galatoli, o assessor jurídico da instituição, Abdul Nasser e os presidentes da Ceres e Cerci, Wander Leite Gomes e José Carlos de Sousa Rocha, respectivamente e o engenheiro da Ceral, Jorge Luiz Pinto. Compõem também a comitiva profissionais da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), do  Sicoob, Sicredi, Unicred, Sistema Ocepar, das cooperativas paranaenses C. Vale e Castrolanda, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e da empresa Giz/Ideal, além de representantes da Confederac?a?o Alema? de Cooperativas (DGRV), que organizou a missão técnica. Além da Alemanha, a Itália também será visitada pela comitiva.

 

Fonte: Richard Hollanda – Comunicoop – Assessoria de Comunicação Sistema OCB/Sescoop-RJ