Atuação de representantes de ramos é foco em encontro no Rio

Atuação de representantes de ramos é foco em encontro no Rio

O Sistema OCB/Sescoop-RJ promoveu em maio, na sede da instituição, o 2º Encontro de Representantes de Ramos Cooperativistas. O evento alinhou diversos assuntos específicos ao cooperativismo fluminense e projetos de interesse ao segmento, bem como a possibilidade de trabalhar na busca de iniciativas parlamentares com vista ao desenvolvimento dos ramos.

Também foi discutido o potencial do ramo Consumo para o Rio de Janeiro, otimização e sinergia das representações nos encontros nacionais e a importância do Dia C 2016 para as cooperativas.

As ações que estão sendo trabalhadas junto às Frentes Parlamentares do Cooperativismo nos âmbitos federal e estadual foram o mote do início do encontro. Segundo o assessor da presidência, Carlos Piragibe, estão sendo elaboradas algumas ações junto aos parlamentares, assim como está sendo estabelecida pela OCB/RJ a implantação de um planejamento estratégico nas esferas públicas.

“Precisamos de um representante que, de fato, tenha raízes cooperativistas e que possa apresentar o segmento cooperativista para os demais parlamentares e lute pela causa”, disse Piragibe.   

Em seguida, Adelson Novaes comentou sobre as emendas parlamentares, pontuando necessidades e demandas de cada ramo, os encaminhamentos de emendas e, por fim, explicou como é a tramitação na esfera política.

Durante sua explanação, o assessor da presidência pontuou a diferença entre Lei Orçamentária Anual (LOA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Plano Plurianual (PPA) e, também, salientou o que é uma classificação funcional/programática – agrupamento das ações do governo em grandes áreas de atuação, para fins de planejamento, programação e orçamento, representando o maior nível de agregação das ações públicas.

“Desde que a assessoria da presidência passou a atuar, temos buscado a mudança de relacionamento da instituição com os congressistas”, comentou Adelson.

Outro ponto apresentado no evento foi o papel de liderança dos representantes dos ramos junto às cooperativas. Nesse item, o assessor da presidência, Valdinei Calixto, comentou a otimização e a sinergia entre os representantes, benefícios e estratégias dos líderes para o setor.

“É importante que os representantes estejam próximos aos dirigentes de cooperativas, pois, assim, conhecerão as demandas da base. A partir disso, terão subsídios, junto ao Sistema OCB, para atuar de forma eficaz e objetiva no desenvolvimento do segmento no Brasil”, disse.

Por fim, a coordenadora de Formação Profissional e Promoção Social, Cristiane Quaresma, reforçou a importância da participação das cooperativas no Dia de Cooperar (Dia C).

“A nossa pretensão é fazer com que as ações das cooperativas sejam transformadoras. E em 2016 as iniciativas podem ocorrer durante o ano, o que pode ampliar o poder transformador que o Dia C possui”, incentivou.

Após o evento, o presidente do Sistema OCB/Sescoop-RJ, Marcos Diaz, classificou o encontro como satisfatório, pois alcançou a meta, que era o de proporcionar ao público a elucidação de alguns pontos de ação da instituição.

“Nossa realidade é atuar junto à Assembleia Legislativa para iniciativas que visem ao desenvolvimento das cooperativas. Além disso, estamos buscando parcerias com todos os municípios. Nossa equipe atua na possibilidade de realização de audiências públicas. É um trabalho árduo, mas que aos poucos vem surtindo resultado”, comentou.

Representantes

Sete representantes participaram. Para eles, o encontro proporcionou a ampliação do leque de ações para atuação em prol das cooperativas. “Somos a ponte entre as cooperativas e o Sistema. Como representantes, precisamos entender as demandas das nossas cooperativas e estarmos mais próximos delas”, falou Derval Oliveira, representante do ramo Turismo e Lazer.

O representante do ramo Trabalho, Ildecir Sias, acredita que a base das cooperativas precisam estar mais próximas. “É de suma importância que estejamos a par da realidade das cooperativas. Assim, evitaremos que nossas cooperativas fiquem desprotegidas”, comentou.

Outros representantes presentes foram: Vinícius Mesquita (Transporte), Neilton Ribeiro (Crédito), Alex Oliveira (Consumo), Adelina Salles (Educacional) e Alberto Figueiredo (Agropecuário).

 

Fonte: Richard Hollanda – Comunicoop – Assessoria de Comunicação Sistema OCB/Sescoop-RJ