Hipertensão Arterial é tema de palestra

Hipertensão Arterial é tema de palestra

Números da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH) estimam que a hipertensão arterial atinja em torno de 25% da população brasileira adulta, chegando a mais de 50% após os 60 anos, e 5% das crianças e adolescentes no Brasil. Com o objetivo de mostrar a doença e desmistificar algumas dessas questões, o Sistema OCB/Sescoop-RJ – em parceria com a Unimed Federação Rio – promoveu palestra sobre o tema para colaboradores das duas instituições e representantes de cooperativas fluminenses.  A atividade fez parte da Campanha do Dia de Cooperar.

A palestra foi ministrada pelo cardiologista Renato Vieira Gomes e, de uma forma bastante simples e objetiva, mostrou como se dá a crise hipertensiva, as prevenções, os principais sintomas e tratamentos e, também, consequências caso o paciente não trate a doença. Segundo dados da própria SBH, a doença é responsável por 40% dos infartos, 80% dos derrames e 25% dos casos de insuficiência renal terminal.

Excesso de peso, idade, sedentarismo, alcoolismo, tabagismo e estresse são alguns dos principais fatores que favorecem o desenvolvimento da hipertensão arterial. O cardiologista, durante a palestra, disse que é importante a realização de atividades físicas.

“A prática de qualquer tipo de exercício tem papel fundamental na prevenção e no cuidado de pessoas já diagnosticadas com hipertensão. Fazer exercícios ajuda a controlar e/ou diminuir o peso e estudos indicam que a pressão arterial pode ser reduzida com a perda de 5% a 10% do peso corporal. É recomendado a prática de atividades físicas por 30 minutos na maioria dos dias da semana”, afirmou Vieira Gomes, que parabenizou o Sistema OCB/Sescoop-RJ e a Unimed Federação Rio por promover o encontro.

A coordenadora do setor de Promoção Social do Sescoop-RJ, Cristiane Quaresma, acredita que todos devem estar conscientes sobre como melhor cuidar da saúde: “Desenvolver essa ação de conscientização de como tratar a hipertensão arterial foi muito gratificante, na medida em que mais importante do que tratar as doenças, é preveni-las. Meu sentimento de gratidão ao cardiologista ,Dr. Renato Vieira Gomes,  por todas as orientações repassadas de forma leve e esclarecedora aos participantes”, disse.

Ao final do evento, foi realizada aferição de pressão arterial do público.

Fonte: Richard Hollanda – Comunicoop – Assessoria de Comunicação Sistema OCB/Sescoop-RJ