Mais quatro Registros Provisórios são entregues pela OCB/RJ

Mais quatro Registros Provisórios são entregues pela OCB/RJ

“Em 2025, o cooperativismo será reconhecido pela sociedade por sua competitividade, integridade e capacidade de promover a felicidade dos cooperados”. Seguindo a visão de futuro do cooperativismo brasileiro, construído pelas unidades estaduais, o Sistema OCB/RJ entregou quatro registro provisórios no dia 18 de fevereiro, em solenidade que reuniu cooperativas dos ramos consumo e transporte. Somente em 2016, 12 cooperativas já ingressaram na casa do cooperativismo fluminense.

As Cooperativas de Consumo de Produtos Descartáveis para Bancários e Ex-Bancários (Cooplast); dos Bancários e Ex-Bancários da Cidade do Rio de Janeiro (Amasfen); dos Bancários e Ex-Bancários das Cidades de Nitéroi-São Gonçalo e Rio de Janeiro (Coopqualivida) somaram-se a de Transporte Fretamento Evento e Turismo Quarto Crescente (Coopquartocrescente) e terão, com o Registro Provisório, acesso a cursos, assessorias nas áreas contábil, jurídica e de gestão.

A intercooperação, um dos princípios cooperativistas, foi muito debatido no encontro. O vice-presidente do Sistema OCB/RJ, Jorge Meneses, representando o presidente Marcos Diaz, afirmou que as cooperativas devem buscar parcerias entre si. “Hoje vejo o cooperativismo fluminense muito forte, com cooperativas oferecendo produtos de qualidade superior. O momento de todos se conhecerem são nos eventos que o Sistema promove. Por isso, a importância de todos estarem presentes”, disse Meneses.

O coordenador de Monitoramento do Sescoop/RJ, Jorge Pecly, fez uma breve apresentação sobre o Programa de Desenvolvimento de Gestão das Cooperativas (PDGC), e mostrou alguns dos cursos oferecidos pela instituição.

Presidente da Coopqualivida, Isabel Cristina Correa, está esperançosa no desenvolvimento da cooperativa: “A possibilidade de ter acesso aos cursos para capacitar os cooperados é um dos nossos objetivos. Devemos sempre nos atualizar e o Sescoop/RJ tem total capacidade em nos oferecer este aprimoramento”, destacou.

Os presidentes da Amasfen e Cooplast, Fábio Caetano e Marcelo Zoni, respectivamente, concordam que o Sistema OCB/RJ tem a força política para defender e desenvolver as cooperativas, tornando-as mais competitivas, respeitadas e admiradas pelo papel que desempenham na sociedade.

Também estiveram presentes o coordenador da OCB/RJ, José Erivan, e a analista de Monitoramento Patrícia Rodrigues.

Registro

O Registro Provisório vale por um ano, período em que a cooperativa é avaliada. Caso sejam sugeridas alterações, deve adequar-se para receber o Definitivo. Durante esse tempo, as instituições já podem solicitar cursos de capacitação junto ao Sescoop/RJ

Fonte: Bruno Oliveira – Analista de Comunicação Sistema OCB/Sescoop-RJ / Revisão: Montenegro Grupo de Comunicação